Tesla: ultracapacitores substituirão baterias de lítio

Eduardo Pegurier
24.03.2011

Tesla Roadster, esportivo elétrico que pode abrir caminho para novas tecnologias, foto: divulgação

“Se eu tivesse que fazer uma aposta, acredito que a chance é boa de que (o futuro) não é das baterias, mas dos capacitores”, afirmou Elon Musk, presidente da Tesla, a arrojada montadora de carros esportivos elétricos. Sua posição gerou surpresa porque os carros da empresa que dirige utilizam grandes baterias de lítio, a mesma tecnologia da usada para prover energia a laptops e celulares. Mas ele se referia a ultracapacitores e às possibilidades dos carros elétricos nas próximas duas décadas.

Ultracapacitores são apenas uma versão gigante e poderosa dos capacitores que fazem todos os eletrônicos funcionar. Como uma bateria, eles mantêm uma carga, mas, ao contrário delas, podem ser recarregados quase instantaneamente e não decaem ao das longo das recargas obrigadas pelo uso. O maior problema é a densidade de energia.

As baterias de lítio ganham porque oferecem densidade alta de energia. É preciso que ocorra um pulo tecnológico para que os ultracapacitores as substituam. Entretanto, Musk tem credenciais para impactar com a sua previsão. Antes de entrar para a Tesla, pesquisou ultracapacitores na Universidade de Stanford. Ele também acredita que até 2030 todos os carros serão elétricos.

 

via: Engadget



Tags: , ,

Uma resposta para “Tesla: ultracapacitores substituirão baterias de lítio”

  1. POIS É, O PRÓPRIO TETO DOS AUTOMÓVEIS PODERÃO SER CAPACITORES, LEVES E EFICIENTES.
    *o problema é a eficiência dos motores, mas se reduzir a corrente de consumo, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.