Estudo sobre cidades e clima prevê aquecimento de até 4°C

Cristiane Prizibisczki
06.06.2011

Apresentação durante o 2o Congresso sobre cidade e clima, em Bonn, Alemanha. foto: Cristiane Prizibisczki

Bonn – A cidade de São Paulo e mais onze grandes centros urbanos no mundo podem ter de enfrentar um aumento em até 4º C de temperatura até 2050, segundo estudo lançado no último sábado (4) pelas universidades americanas de Colúmbia e Nova York em Bonn, Alemanha, durante o 2º Congresso Mundial sobre Cidades e Adaptações às Mudanças Climáticas.

O trabalho confirma a previsão feita por pesquisadores brasileiros em 2010, no estudo sobre vulnerabilidades na Região Metropolitana da capital paulista, e lança um apelo: governos locais e nacionais precisam implementar medidas urgentes de adaptação a essas mudanças para evitar impactos maiores no futuro. A organização Governos Locais para a Sustentabilidade (ICLEI) acredita que, nas próximas quatro décadas, as cidades terão de construir a mesma capacidade urbana conquistada nos últimos 4.000 anos devido às alterações no clima.

Com contribuições de 110 pesquisadores em 50 cidades ao redor do mundo, o trabalho, segundo os autores, é o primeiro esforço em sistematizar informações sobre temas como produção e consumo de energia, transporte e saúde pública. Além de apontar riscos e vulnerabilidades, o trabalho também sugere estratégias de mitigação e adaptação a esses problemas e oferece opções de políticas a serem adotadas. Doze cidades receberam estudo detalhado.

“Muitas das melhores práticas do livro, que traz 50 estudos-chave sobre o que as cidades estão fazendo ao redor do mundo, podem ser adaptáveis e adotadas por outras cidades. O livro é mesmo um guia prático para os centros urbanos”, diz Cynthia Rosenzweig, cientista da Agência Americana de Estudos Espaciais (NASA) e co-autora do estudo (assista à entrevista com  Cynthia Rosenzweig – em inglês).

O resumo executivo do trabalho pode ser conferido no site do Urban Climate Change Research Network e em seis meses deve estar disponível para download na internet, de acordo com seus autores.

Na mesma ocasião do lançamento deste primeiro estudo, a Organização das Nações Unidas fez o lançamento oficial do seu Relatório Global sobre Assentamentos Humanos 2011, trabalho que também traz sugestões de políticas, estratégias e práticas que estão emergindo em áreas urbanas como resposta às alterações climáticas. Uma versão resumida do estudo está disponível para download no site do UN- Habitat.

Ambos os trabalhos trazem as discussões mais recentes sobre a complexa relação entre cidades e mudanças climáticas e são uma boa pedida para quem deseja ficar por dentro do assunto.
 


 
*Cristiane Prizibisczki é jornalista free-lance e atualmente desenvolve pesquisa sobre mídia e mudanças climáticas em centros urbanos na Universidade de Cambridge.



Tags: ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.